Apartamento T4, Rua da Sociedade Farmacêutica, Lisboa

Próximo da zona do Marquês de Pombal, no centro histórico de Lisboa, localiza-se o edifício pombalino com apartamentos caracterizados pela sua profundidade em planta. A intervenção teve como objectivo a recuperação de dois pisos degradados e devolutos, tendo em conta o projecto idealizado pelo dono de obra.

Pelas suas características particulares como as empenas e fachadas em pedra, compartimentação interior em paredes de frontal, tabique e alvenarias, surge o desafio: manter a linguagem do espaço e tempo que representam, introduzindo uma imagem e conforto contemporâneos. Trata-se da aglutinação de estruturas antigas com novos materiais. Ampliou-se a sala, foi criada uma nova IS e em termos de acabamentos, manteve-se o soalho, o branco trouxe uma nova luz aos espaços, sendo que todos os detalhes de tectos trabalhados, rodapés, frisos e caixilharias foram recuperados e replicados. O desafio desta recuperação foi ultrapassado com um acompanhamento em obra rigoroso e conjugação de novos materiais com pormenores construtivos adaptados aos elementos existentes para que o espaço não perdesse a sua identidade.